quinta-feira, 1 de março de 2012

Luciana

  Parte II

 Enquanto ele se debruçava sobre a duvida de se juntar aos mendigos e vagabundos do centro da cidade, Luciana estava perplexa com seu novo mundo, que agora era só dela e dos seus contos de Kerouac. Luciana, uma mulher que sempre quis ser independente,e que gostava de literatura e politica, encontrava-se presa ao marido.
 '' Hoje eu posso respirar, é tão saboroso o gosto do ar descendo na língua por sobre as narinas.''  Pensou alegre após suspirar. Resolveu sair, ligou para sua irmã Vanessa, que era uma lésbica bem sucedida no meio intelectual jornalistico, e que nunca passou mais de três meses com a mesma mulher, boemia e encantadora.
 - Vanessa, eu mandei aquele almofadinha para fora de casa, e o principal:  PARA FORA DE MIM!
 Após doses sequenciais de martíni e uisque, um retoque na maquiagem, e um beijo lésbico, Luciana vê que estava fazendo uma besteira, e que seu marido era o ogro mais dedicado que ela já conheceu.

2 comentários:

  1. Uma dose atrás da outra?! Pulso firme!

    ResponderExcluir
  2. Há um lado mágico na narrativa...aguardo ansioso o próximo episódio...

    ResponderExcluir